• Português
  • English
  • Español
Trabalhos técnicos do 12 Silusba

Pesquise abaixo utilizando um filtro. Não use acentuação.

Autores:

    Trabalho(s) do(a) autor(a):

    Uso de viscosidade turbulenta constante na predição numérica do assoreamento numa armadilha.


    Clique no nome para ver mais...

    Trabalho(s) do(a) autor(a):

    Uso de viscosidade turbulenta constante na predição numérica do assoreamento numa armadilha.


    Clique no nome para ver mais...

    Trabalho(s) do(a) autor(a):

    Uso de viscosidade turbulenta constante na predição numérica do assoreamento numa armadilha.


    Clique no nome para ver mais...

    Trabalho(s) do(a) autor(a):

    Uso de viscosidade turbulenta constante na predição numérica do assoreamento numa armadilha.


    Clique no nome para ver mais...

Palavras-chave:

simulação numérica, assoreamento, armadilha de sedimentos

Tema:

Sistemas hídricos sustentáveis

Idioma: Português (BR)

Email: stenio@civil.uminho.pt

Edição: 2015

 

USO DE VISCOSIDADE TURBULENTA CONSTANTE NA PREDIÇÃO NUMÉRICA DO ASSOREAMENTO NUMA ARMADILHA.

  • Compartilhe:
  • Fechar

    Enviar este trabalho para um amigo.


      

      Receber uma cópia no meu email

Resumo:

Rios e albufeiras possuem características e capacidades próprias de transporte de sedimento. A calibração de modelos numéricos, para águas pouco profundas, constitui numa ferramenta importante para a gestão destes sistemas hídricos. Isto porque, além de permitir diagnóstico e prognóstico, para dado cenário, simplifica o tratamento matemático do processo de turbulência, onde as flutuações de velocidade são associadas a uma viscosidade turbulenta constante. Em escala de campo, isto reflete em um menor tempo de processamento computacional, além de viabilizar simulações que não dispõem de informações suficientes para uma abordagem tridimensional da turbulência. Contudo, a avaliação de sensibilidade dos parâmetros dos códigos numéricos, validação e robustez dos mesmos, muitas vezes ainda são conseguidos em escala de laboratório, apesar de certas restrições, devido à indisponibilidade de dados de campo. Este trabalho avalia o padrão de assoreamento inicial numa armadilha de sedimentos retangular, construída em laboratório, com o uso de viscosidade turbulenta constante, através do código Delft3D. O padrão hidrodinâmico experimental é obtido com o uso de velocimetria a laser, sendo possível a comparação com os dados simulados. Medições iniciais do padrão de assoreamento na armadilha permitiram avaliar a resposta do código numérico para as condições de fronteira impostas, ou seja, caudal constante de 0,002m3/s, no canal de entrada da armadilha, altura crítica constante de 0,013m no descarregador de saída da mesma e concentração de areia constante na entrada do canal de 1Kg/m3. Os resultados preliminares do assoreamento simulado foram comparados com a experiência e discutidos para os instantes 5H, 10H, 15H e 20H, em passo de tempo de 1,2s, tempo este condizente com a grelha computacional de 0,03m de lado.


Clique no botão Download abaixo para obter os arquivos
do trabalho técnico e apresentação

 







O arquivo não foi localizado,
ou o Adobe Reader não está instalado, para baixá-lo, clique aqui.







Download » Trabalho Técnico  |  Instalar o Adobe Reader


, . USO DE VISCOSIDADE TURBULENTA CONSTANTE NA PREDIÇÃO NUMÉRICA DO ASSOREAMENTO NUMA ARMADILHA.. In: , São Paulo. Anais. Disponível em: http://www.evolvedoc.com.br/silusba/detalhes-2029_uso-de-viscosidade-turbulenta-constante-na-predicao-numerica-do-assoreamento-numa-armadilha. Acesso em: 07/12/2019.

 

Comentários (0)

 


Seja o primeiro a comentar.

Fechar

Enviar um email




  Receber uma cópia no meu email
Atualizar
Escolha o formato: Imagem ou Som